Pular para o conteúdo principal

Uma fábula,mil reflexões.

O Marceneiro e as Ferramentas 

Contam que, em uma marcenaria, houve uma estranha assembléia. 
Foi uma reunião onde as ferramentas juntaram-se para acertar suas diferenças. 

Um martelo estava exercendo a presidência, mas os participantes 

exigiram que ele renunciasse. 
A causa?Fazia demasiado barulho e passava todo o tempo golpeando. 
O martelo aceitou sua culpa, mas pediu que também fosse expulso o parafuso, alegando que 
ele dava muitas voltas para conseguir algo. 
Diante do ataque o parafuso concordou, mas por sua vez pediu a expulsão da lixa. 
Disse que ela era muito áspera no tratamento com os demais, entrando sempre em atritos. 
A lixa acatou, com a condição de que se expulsasse o metro, que sempre media os outros 
segundo a sua medida, como se fosse o único perfeito. 
Nesse momento entrou o marceneiro, juntou tudo e iniciou seu trabalho. Utilizou o martelo, a 
lixa, o metro, o parafuso. E a rústica madeira se converteu em belos móveis. 
Quando o marceneiro foi embora, as ferramentas voltaram à discussão. 
Mas o serrote adiantou-se e disse: 
- Senhores, ficou demonstrado que temos defeitos, mas o marceneiro trabalha com nossas 
qualidades, ressaltando nossos pontos valiosos. Portanto, em vez de pensar em nossas 
fraquezas, devemos nos concentrar em nossos pontos fortes. 
Então, a assembléia entendeu que o martelo era forte, o parafuso unia e dava força, a lixa 
era especial para limpar e afinar asperezas e o metro era preciso e exato. 
Sentiram-se como uma equipe, capaz de produzir com qualidade; e uma grande alegria 
tomou conta de todos pela oportunidade de trabalharem juntos. 
O mesmo ocorre com os seres humanos. Quando uma pessoa busca defeitos em outra, a 
situação torna-se tensa e negativa. 
Ao contrário, quando se busca com sinceridade o ponto forte dos outros, 
florescem as melhores conquistas humanas. 
É fácil encontrar defeitos... Qualquer um pode fazê-lo. 
Mas encontrar qualidades? Isto é para os sábios!!! 

(Autor desconhecido)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mudar... mudar para alcançar Acreditando sempre ser capaz! Lutar... lutar para alcançar Questionando e obtendo resultados!(Artigo DZ9)

Strange Fruit
( Poema de Lewis Allan, pseudônimo de Abel Meeropol, publicado em 1936.)

Southern trees bear strange fruit,
Blood on the leaves and blood at the root,
Black body swinging in the Southern breeze,
Strange fruit hanging from the poplar trees.

Pastoral scene of the gallant South,
The bulging eyes and the twisted mouth,
Scent of magnolia sweet and fresh,
Then the sudden smell of burning flesh!

Here is fruit for the crows to pluck,
For the rain to gather, for the wind to suck,
For the sun to rot, for the trees to drop,
Here is a strange and bitter crop.


FILME: O CÉREBRO DE HUGO ­­­­ Ficha Técnica
Título Original: Le Cerveau d’Hugo Ano de Produção: 2012 País de Origem: França Gênero: Documentário/Drama/Ficção Roteiro e Direção: Sophie Révil Elenco: Thomas Coumans (Hugo),  Arly Jover (Elisa)
* Glosvalda Correia
O objetivo deste trabalho é apresentar as principais particularidades do AUTISMO desenvolvidas no filme “O Cérebro de Hugo”. Trata-se de um filme no formato de documentário, que explora os estudos realizados no mundo sobre o assunto, e inclui depoimentos de autistas, aspies (Asperger) e familiares. Dentro do documentário desenvolve-se a história de um personagem fictício (baseado em fatos reais), Hugo, um menino que, logo ao nascer, os pais percebem que ele é diferente: tem dificuldades para interagir com seus pais, chorava sem parar, e possuía comportamentos estranhos, como por exemplo tirar todos os livros da estante e jogá-los no chão da sala. O Autismo Asperger é uma condição psicológica de espectro do autismo caracterizada …