Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2009

De minha Su pra seu Papito

Olha os recadinhos que eu passei por orkut pro papai...



oi Pai, tudo bom por ae?? Aqui ta tudo bem, viu???? Postei algumas fotos pra vocês acompanharem meus passeios, amanhã vou no museu do futebol que tem lá no Maracanã. Muito legal aqui pai, já andei de barco, trem, carro, bonde, metrô... mó legal aqui. Tudo lindo mesmo, por isso que as pessoas ficam bocós quando voltam. E nem é tão violento como passa na Tv não... da pra andar a pé tranquilão por aqui... a praia daqui é tão linda, tudo é muito lindo queria que você visse... te disse que eu fui pro Show do Roberto Carlos no Maracanã??? Pois é, maior chuva, mas foi muito emocionante mesmo, não por ele que não sou fã e nem gosto dele como pessoa, mas por imaginar que eu nunca pensei na vida em estar ali... naquele show, minha vó é que iria adorar. Pois é... já vi tanta coisa legal.

Fui na qudra do Salgueiro, só lembrei do Sérgio. Fui em Santa Tereza, maior legal tem muito artezanato lá, o Bruno é que gostaria.
Aqui onde o Igor mora tem t…

"SER FELIZ OU TER RAZÃO?"

Para reflexão...

Oito da noite, numa avenida movimentada. O casal já está atrasado para jantar na casa de uns amigos. O endereço é novo e ela consultou no mapa antes de sair. Ele conduz o carro. Ela orienta e pede para que vire, na próxima rua, à esquerda. Ele tem certeza de que é à direita. Discutem. Percebendo que além de atrasados, poderiam ficar mal-humorados, ela deixa que ele decida. Ele vira à direita e percebe, então, que estava errado. Embora com dificuldade, admite que insistiu no caminho errado, enquanto faz o retorno. Ela sorri e diz que não há nenhum problema se chegarem alguns minutos atrasados. Mas ele ainda quer saber:
- Se tinhas tanta certeza de que eu estava indo pelo caminho errado, devias ter insistido um pouco mais...
E ela diz:
- Entre ter razão e ser feliz, prefiro ser feliz. Estávamos à beira de uma discussão, se eu insistisse mais, teríamos estragado a noite!
Esta pequena história ilustra quanta energia nós gastamos apenas para demonstrar que temos razão, ind…

Lei 10.216: nem errada nem idiota...

Surpreendi-me, e muito, com a ingenuidade do senhor Ferreira Gullar, jornalista, escritor, poeta, e pai de duas pessoas portadoras de sofrimento psíquico, ao afirmar, aparentemente sem nenhuma sombra de dúvida, que no Brasil não temos mais manicômios, pior ainda, que já não os tínhamos à época em que se iniciou o processo de reforma psiquiátrica. Até me pergunto se o Brasil em que ele vive e ao qual se refere é o mesmo aonde eu vivo, convivo, assisto e trabalho na área de saúde mental. Experiência curtíssima quanto a trabalho, é bem verdade, mas longa a perder de vista quanto a vivência nesse campo. O seu tormento como pai é a única coisa que justifica a opinião emitida em artigo publicado no Jornal Folha de São Paulo, no dia 12/04/2009, e percebo, pelo mesmo artigo, o seu total desconhecimento da realidade do hospital psiquiátrico. Até me constranjo um pouco ao dizer isso, uma vez que, tendo ele dois filhos com sofrimento mental, espera-se dele conhecer a fundo essa realidade, mas nã…