Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2011

I Seminário Cearense sobre Supervisão Clínico-Institucional no Sistema Único de Saúde (SUS).

Seminário debate Rede de Atenção Psicossocial

Promover a formação de profissionais de saúde que atuam em serviço ou ação de atenção psicossocial, álcool e outras drogas no Ceará. Esse é um dos objetivos do I Seminário Cearense sobre Supervisão Clínico-Institucional no Sistema Único de Saúde (SUS).

O evento será realizado nos dias 29 e 30 de abril, no auditório Ciro Gomes, da Escola de Saúde Pública do Ceará (ESP-CE). É uma promoção conjunta da Coordenadoria de Pós-Graduação de Atenção à Saúde da ESP-CE e do Núcleo de Atenção à Saúde Mental (NUSAM) da Secretaria de Saúde do Ceará (SESA).

Durante o evento será apresentado e discutido o Projeto de Implantação da Escola de Supervisores Clínico-Institucionais do Ceará e realizada oficina para construção do I Curso de Formação de Supervisores Clínico-Institucionais no Ceará.

Objetivos

Apoiada pelo Ministério da Saúde, através da Coordenação Nacional de Saúde Mental, a iniciativa tem como objetivos: constituir um espaço de formação de novos …

Mulungu - A Viagem

Combinamos de sair de Fortaleza umas 09 horas da manhã de quinta-feira, dia 21 de abril, e antes do meio-dia estaríamos em Mulungu; almoçaríamos em algum restaurante já na serra, e depois seguiríamos o roteiro sugerido pela Marília, principalmente quanto à hospedagem... rsrs...
Mas acordei tarde, e já passava das 10 horas quando pegamos a estrada; viagem maravilhosa, apesar de sermos só nós dois, ou quem sabe por isso mesmo. Eu sempre me digo que viagem perfeita é quando nossos filhos estão junto, mas o Eduardo insiste em tentar me convencer de que não precisa ser sempre assim, e que podemos ( e devemos) nos divertir estando só nós dois. Não acredito nisso, mas ele sempre está certo. Aos berros íamos acompanhando as músicas do Fagner e do Chico Buarque, rindo muito de tudo que aparecia pelo caminho. Começamos a subir a serra por volta de meio-dia, felizes com a mudança do clima; sempre ficamos assim, felizes,quando fazemos esse roteiro de serra,somos tomados por uma alegria tão gran…

O Duelo entre a Vida e a Morte

Num dos mais belos hinos da liturgia cristã da Páscoa, que nos vem do século XIII, se canta que “a vida e a morte travaram um duelo; o Senhor da vida foi morto mas eis que agora reina vivo”. É o sentido cristão da Páscoa: a inversão dos termos do embate. O que parecia derrota era, na verdade, uma estratégia para vencer o vencedor, quer dizer a morte. Por isso, a grama não cresceu sobre a sepultura de Jesus. Ressuscitado, garantiu a supremacia da vida. Como não cantar aleluia?

A mensagem vem do campo religioso que se inscreve no humano mais profundo, mas seu significado não se restringe a ele. Ganha uma relevância universal, especialmente, nos dias atuais, em que se trava física e realmente um duelo entre a vida e a morte. Essse duelo se realiza em todas as frentes e tem como campo de batalha o planeta inteiro, envolvendo toda a comunidade de vida e toda a humanidade.

Isso ocorre porque, tardiamente, nos estamos dando conta de que o estilo de vida que escolhemos nos últimos séculos, i…

Chegando a Mulungu

Endereço: Única casa na frente do hospital!(verde c/ rosa!)
Com um endereço assim referenciado, não tinha como errar, né mesmo?Seguindo essa instrução, chegamos direitinho à casa!Abrimos o cadeado do portão, entramos na garagem, abrimos a porta principal, e nos deparamos com uma sala repleta de fotos! Foi aí que começamos a achar que estávamos na casa errada, porque nenhuma daquelas fotos era da nossa amiga que tinha emprestado a casa. Olhávamos ansiosamente todas as fotos, esperando ver a cara sorridente da Marília em pelo menos uma delas, e nada!Ai meu Deus, a gente tinha invadido uma casa! Mas não podia ser; as chaves deram direitinho na fechadura da porta e no cadeado do portão. Começamos a andar pela casa, procurando alguma coisa familiar... Nada! Entramos no primeiro quarto, e sem demora eu já concluí que aquele não era o quarto da Marília, por causa de um sapato de salto alto, então deveria ser da pessoa que dividia a casa com ela, o que me fez sair depressa e fechar a porta; no…

Casamento: Zé Luis e Roberta

E eu acabo de falar ao telefone com meu sobrinho, Zé Luis, que me convida pra ser sua madrinha de casamento! E ainda pergunta se eu aceito! Como assim? É uma honra sem tamanho pra mim, meu querido! Feliz demais com o convite! Você e a Robertinha são muito queridos, sabem disso, né?No dia 09 de dezembro estaremos aí, em Manaus, participando desse maravilhoso momento de suas vidas. Beijos, muitos beijos! Até lá!Essa foto foi em fevereiro de 2010, eu e a Roberta,enquanto o Zé Luis tocava.Olha ele aí com esse look belíssimo! Amo!!!