Pular para o conteúdo principal

Eu, a feliz ganhadora...


E pensar que nunca, nunquinha na vida eu ganhei seja lá o que for em rifas, sorteios, ou algo que o valha. Nunca! Lembro mesmo de uma vez, quando estava na moda aqueles bingos de carros que mobilizavam a cidade inteira(falo de cidade de interior) e fomos lá, um grupo de amigos, doidinhos pra ganhar um automóvel zero. Eu, pra ser sincera, fui por ir, como se diz, mas sem esperança de ganhar. Nunca ganhava nada, mesmo. E começamos a marcar nossas cartelas, entre risadas e brincadeiras, piadinhas de bom e de mau gosto, até que todos à minha volta se deram conta de que eu estava por um número para bater. todos, menos eu, é claro. "Querida, você está armada!" Eu estava? Sim, eu estava! Percebi , mesmo atrasada. e percebi também( o que me causou um certo desconforto), que todas as pessoas próximas a mim haviam parado de marcar suas cartelas, acompanhando nervosamente a chamada dos números e esperando que o meu fosse o próximo. Não entendi o que aquilo significava, parecia que a minha cartela era de todos, agora; de repente todos os interesses se voltaram para mim e a minha quase premiada cartela. Tive vontade de dizer pra todos que não, não fizessem aquilo, continuassem marcando seus números, mesmo que para quase todos eles faltassem 05 ou mais números e na minha só um. Eu me conhecia, sabia da minha falta de sorte pra jogos, e um sentimento de culpa já tomava conta de mim. Permaneci de cabeça baixa, envergonhada, enquanto a voz forte no microfone continuava chamando, 1, 2, 3, creio que chamou mais de dez números até que alguém gritou do meio da multidão: "Bati!", e eu lá, esperando o meu único número que parecia não existir naquela combuca cheia de bolinhas brancas numeradas. Ninguém pareceu acreditar naquilo, só eu, é claro, que sempre soube que jamais ganharia aquele carro. Não ousei encarar nenhum daqueles rostos incrédulos e acusadores. Ok, me desculpem, eu deveria ter avisado, mas também a culpa é de vocês, quem mandou investir tanto em uma desconhecida? Saímos dali, eu e meu grupinho de amigos, feito torcedores de time de futebol que se vê de repente no meio da torcida adversária. fomos sentar do outro lado do campo(ah, porque o bingo estava acontecendo mesmo em um campo de futebol), Olhei para a cartela antes de dobrá-la e enfiá-la na bolsa(nem sei porque fiz aquilo), enquanto todos rasgavam ou amassavam as suas e atiravam longe, com raiva. Eu não, nenhuma raiva, só remorso e culpa, por ter frustrado as expectativas de tanta gente. Que eu nem sei quem era! E pensar que sempre considerei o 8 meu número de sorte. Verdade que nunca ganhara nada com ele ou qualquer outro número, mas o 8 sempre me pareceu tão bonitinho, que eu decidi, em algum momento da minha vida, que ele seria o meu número de sorte. Que acabou acontecendo de verdade pra mim, a sorte, não o número 8, quando recebi aquele e-mail cujo assunto era "Olá, Ganhadora de um Box" e começava assim " olá Glos venho trazer boas noticias você ganhou a rifa do Box parabéns que sorte hein Preciso que acesse esse link..." e por aí vai. Enfim, dava pra pensar que era uma brincadeira comigo, não dava? Desde quando eu ganhava algo? Ou, se não era brincadeira, então logo, logo se dariam conta do erro e viria um outro e-mail tipo assim, " desculpe, foi engano..."; mas não foi engano. Eu realmente ganhei aquela rifa! Só não lembro qual foi o número sorteado, mas sou capaz de apostar que o 8 não passou nem perto. E, com a sorte que ando tendo pra jogos, é quase certo que eu ganhe essa aposta.

Comentários

  1. mulher tu sim é a pessoa mais comédia do mundo, com sorte ou sem sorte, isso sim. Adorei você ter escrito em meu blog. Até que enfim você ta podendo interagir em meu diário virtual, né??? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Sacanagem você contar isso do diário... era segredo criatura.. Afffffffff faz mal não! Passando aqui só deixar um beijo e dizer que você arrasou ao ganhar esse box ae. Ei eu assiti o filme "pirata" que você me deu!!! Por falar em filme pirata, cuuuuuuidado!!!! Tu vai ser presa com essa mania de filme aqui em casa, e o pior jamais alguém vai acreditar quem é a criminosa nessa casa. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Mas é isso ae agora vc tex um box lindo e original pra assistir. Beijo minha mãe linda!!! Te amooooooooooooooooooooooooooooooooooooo

    ResponderExcluir
  2. kkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Até parece...meus filmes são originais,você sabe disso muito bem, sua safadinha, e eu te desafio a ir lá na minha cinemateca e comprovar isso. Só porque faço alguns downloads...rsrs...

    ResponderExcluir
  3. sim sim sim... mas e os das caixinhas pretas????
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    bobagem, eu nem ligo pra isso, cê sabe!!!!
    beijo grande e continue postando no meu blog, viu???? vc é seguidora!!!!! KKKKKKKKKKKKKKKKKKK
    posta nos mais antigos que ninguém lerá mais... de quando ele ainda era diário...
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  4. Ah,sim eu sei, e como sei.. .asistiu os filmes que eu te deixei? A season05 de Lost também taí, o Sérgio te falou? Assista, você gosta,né?UM beijo, filhota, pode deixar, vou ser uma seguidora ferrenha e fiel.Mas agora tou aqui assistindo duas coisas ao mesmo tempo, no pc e na tv, e morreeeeendo de fome...nada aqui pra comer, ow merdinha de cidade, nem tem como pedir comida. Se incomoda de me mandar alguma coisa gostosa?

    ResponderExcluir
  5. Se eu fosse tu voltava pra casa... esse negócio de morar longe da gente não presta não, sai de casa pra ficar com fome nessa cidade deserta e agora ilhada pela chuva, mãe? Fala sério!!! Ei e esse blog verde verdinho????? É meu, é??? rsrsrsr


    ahhhhhh ainda não começei a ver lost não!!!!
    o Sé escondeu de mim... vi Marley e eu!!!
    Tão bonitinho....
    beijo grande minha Glos.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Mudar... mudar para alcançar Acreditando sempre ser capaz! Lutar... lutar para alcançar Questionando e obtendo resultados!(Artigo DZ9)

Strange Fruit
( Poema de Lewis Allan, pseudônimo de Abel Meeropol, publicado em 1936.)

Southern trees bear strange fruit,
Blood on the leaves and blood at the root,
Black body swinging in the Southern breeze,
Strange fruit hanging from the poplar trees.

Pastoral scene of the gallant South,
The bulging eyes and the twisted mouth,
Scent of magnolia sweet and fresh,
Then the sudden smell of burning flesh!

Here is fruit for the crows to pluck,
For the rain to gather, for the wind to suck,
For the sun to rot, for the trees to drop,
Here is a strange and bitter crop.


FILME: O CÉREBRO DE HUGO ­­­­ Ficha Técnica
Título Original: Le Cerveau d’Hugo Ano de Produção: 2012 País de Origem: França Gênero: Documentário/Drama/Ficção Roteiro e Direção: Sophie Révil Elenco: Thomas Coumans (Hugo),  Arly Jover (Elisa)
* Glosvalda Correia
O objetivo deste trabalho é apresentar as principais particularidades do AUTISMO desenvolvidas no filme “O Cérebro de Hugo”. Trata-se de um filme no formato de documentário, que explora os estudos realizados no mundo sobre o assunto, e inclui depoimentos de autistas, aspies (Asperger) e familiares. Dentro do documentário desenvolve-se a história de um personagem fictício (baseado em fatos reais), Hugo, um menino que, logo ao nascer, os pais percebem que ele é diferente: tem dificuldades para interagir com seus pais, chorava sem parar, e possuía comportamentos estranhos, como por exemplo tirar todos os livros da estante e jogá-los no chão da sala. O Autismo Asperger é uma condição psicológica de espectro do autismo caracterizada …